Seguro viagem: devo ou não contratar?

Se viajar é uma das coisas mais gostosas de se fazer, planejar a viagem é fundamental para que tudo ocorra bem e que imprevistos sejam evitados. Afinal, ninguém quer ter a sua experiência interrompida por um problema de saúde nem ter despesas extras com isso, não é mesmo?

 

seguro viagem

 

Uma das maneiras de minimizar problemas em viagens ao exterior é com o seguro viagem. Veja, neste artigo, por que ele é importante e até mesmo obrigatório em alguns países

Pra que serve o seguro viagem?

A grande sacada do seguro viagem é garantir que você não tenha que desembolsar uma grana extra caso algum problema de saúde aconteça com você no exterior. Diferentemente do Brasil, onde o serviço de saúde é público e gratuito, em muitos países os serviços médicos são pagos e não são nada baratos.

Procedimentos simples, como uma consulta de emergência por uma dor de garganta que gerou febre alta, por exemplo, podem facilmente passar dos US$ 1.000 (isso mesmo, dólares).

 

 

É obrigatório contratar um seguro viagem?

Depende para qual país você está viajando. Na Europa, por exemplo, quase todos os países exigem um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil Euros, por participarem do Tratado de Schengen.

Mesmo se você viajar para um país no qual o seguro viagem não é obrigatório, é prudente que você o contrate para evitar que a sua viagem atrase por pequenos problemas e para evitar que você perca os dias que você tanto planejou trancado em um quarto de hotel.

Não é difícil ouvir histórias de alguém que passou por maus bocados pela falta do seguro viagem. Os problemas que podem ser atendidos vão desde torções no pé, por pisar errado em uma calçada, e problemas respiratórios devido ao clima; até problemas mais graves como cortes e acidentes em meios de transporte.

 

Jovem relaxar na cama e apreciar a vista da montanha Foto gratuita

 

O que efetivamente está coberto?

Tudo vai depender da sua apólice. Há produtos que oferecem coberturas até mesmo para cobrir a perda de bagagens e atrasos no voo. Por isso, peça um plano personalizado que atenda às suas necessidades e às do país que você vai visitar.

Não esqueça de olhar atentamente a apólice contratada, principalmente se há valores mínimos a serem pagos (franquia) pelo viajante ou tetos de gastos. Às vezes, o seguro só cobre tratamentos ou atendimentos que passem de um valor determinado. Por isso, leia bem as descrições das coberturas e peça as dicas para o seu corretor de seguros ou agente de viagem.

Quanto custa?

O valor vai variar de acordo com as coberturas contratadas, do período da viagem e da idade do viajante, mas os seguros de viagens internacionais custam a partir de R$ 15, enquanto os seguros nacionais custam a partir de R$ 10. É muito pouco para muita tranquilidade! Fale agora mesmo com a protect e peça uma cotação personalizada para você. Não perca mais tempo e viaje tranquilo!

Olá, estamos a sua disposição.

Fale Conosco no WhatsApp